Boate Azul – João Mineiro e Marciano

313 visualizações

Am                                        G
Doente de amor procurei remédio na vida noturna.
               F                              E   A
Como a flor da noite em uma boate aqui na zona sul.
          Dm                               Am
A dor do amor é com outro amor que a gente cura.
            E                             Am     A
Vim curar a dor deste mal de amor na boate azul.
           Dm                                     Am
E quando a noite vai se agonizando no clarão da aurora.
       E                                 Am      A
Os integrantes da vida noturna se foram dormir.
            Dm                                   Am
E a dama da noite que estava comigo também foi embora.
               F                E            A
Fecharam-se as portas sozinho de novo tive que sair.

            E                   D              A
Sair de que jeito, se nem sei o rumo para onde vou.
                                E             D                A
Muito vagamente me lembro que estou. Em uma boate aqui na zona sul
          E             D                  A
Eu bebi demais e não consigo me lembrar se quer.
                          E               D     E        A
Qual era o nome daquela mulher, a flor da noite da boate azul.

( Dm  G  C  F  Dm  E  Am  A )

           Dm                                     Am
E quando a noite vai se agonizando no clarão da aurora.
       E                                 Am      A
Os integrantes da vida noturna se foram dormir.
            Dm                                   Am
E a dama da noite que estava comigo também foi embora.
               F                E            A
Fecharam-se as portas sozinho de novo tive que sair.

            E                   D              A
Sair de que jeito, se nem sei o rumo para onde vou.
                                E             D                A
Muito vagamente me lembro que estou. Em uma boate aqui na zona sul
          E             D                  A
Eu bebi demais e não consigo me lembrar se quer.
                          E               D     E        A
Qual era o nome daquela mulher, a flor da noite da boate azul.

 


 

Gostou? Compartilhe

Toque Também

Toque por Estilo Musical

Você não esta sozinho

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on telegram
Share on whatsapp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Email
Telegram
WhatsApp